Já encerramos a chamada pública para o apoio à instalação de redes comunitárias.  O resultados serão publicados no fim de junho. Mas você pode preencher o formulário abaixo se quiser fazer parte de nosso mapeamento.

Na medida em que os empréstimos forem devolvidos, vamos apoiar mais comunidades além das divulgadas inicialmente.

Quais serviços de telecomunicação a Coolab pode apoiar?

A Coolab pode fornecer apoio às comunidades com a instalação e manutenção dos seguintes serviços:

– Acesso à Internet: levar Internet de um local com conexão a uma comunidade sem conexão à Internet, ampliar a área de um determinado ponto de acesso, distribuir uma conexão por meio de redes sem-fio (WiFi) em malha (mesh);
Rede WiFi autônoma: criação de uma rede local sem fio (Intranet via WiFi) com serviços diversos. Inclui armazenamento de arquivos, publicação, comunicação, gestão e outros serviços totalmente autônomos e independentes da Internet.
Operadora comunitária de celular: instalação de rede GSM para telefones celulares realizarem localmente chamadas de voz e mensagens de texto a custo marginal zero. Possibilidade de interconexão para chamadas externas com VoIP a tarifas módicas de atacado.

Quem pode participar?

 Qualquer comunidade interessada, localizada no Brasil

Até quando posso me inscrever?

A chamada se encerrou no dia 15 de maio de 2017.

Quantas comunidades serão selecionadas?

Tentaremos apoiar – financeiramente ou não – o maior número de comunidades. O fundo de investimento para esta chamada é de aproximadamente 70 mil reais e iremos selecionar cerca de 5 comunidades para receber o apoio financeiro.

Como funciona o apoio?

O apoio consiste em assessoramento para capacitação de moradores para instalação e manutenção dos serviços e equipamentos.

Caso a comunidade tenha recursos financeiros próprios para implantação do provedor comunitário, a Coolab se compromete em enviar um orçamento preliminar para o execução do projeto.

De quanto é o empréstimo?

Dispomos de mais de 70 mil reais para serem distribuídos por pelo menos 5 redes.

Como funciona o empréstimo?

As comunidades que não contarem com fundos próprios, receberão equipamentos e serviços por meio de um empréstimo, a ser devolvido no prazo médio de um ano.

O valor do empréstimo será negociado caso a caso, com bases nas necessidades e particularidades de cada comunidade. Serão financiáveis equipamentos, serviços e despesas para execução da visita técnica e semana de imersão.

Não há intenção de lucro na Coolab. Não serão aplicados juros ou moras, apenas os índices de correções monetárias e outras taxas de operação. Explicaremos os detalhes para as comunidades selecionadas.
Ao final do pagamento, a rede e seus equipamentos passam a pertencer à comunidade.  No caso de danos por motivo de força maior ou por terceiros, roubo ou furto, a comunidade deve restabelecer o equipamento para a Coolab através de recursos próprios.  À medida em que os empréstimos forem retornados, iremos apoiar outras comunidades, inclusive aquelas não selecionadas na primeira chamada.

Quais são os critérios de seleção?

Os seguintes itens serão avaliados positivamente na seleção:
– Possibilidades de sustentabilidade do serviço (parceiros, recursos humanos, financeiros);
– Viabilidade técnica;
– Existência de práticas associativistas, cooperativistas, comunitárias na organização;
– Ausência de serviços de telecomunicação pelo Governo ou empresas;
Número de usuários interessados em participar do provedor comunitário;

Alguma outra dúvida?

Escreva-nos em info@coolab.org